PSG não chegam a acordo com meia brasileiro e negociação é cancelada

Clube francês priorizou as contas na janela de inverno europeia, mas planeja conversas a partir de julho

O meio-campista brasileiro Bruno Guimarães é um alvo desejado por Luis Enrique para o Paris Saint-Germain, mas as negociações não ocorrerão neste momento. Conforme o repórter Marcelo Bechler, da “TNT Sports”, o clube francês optou por manter a abordagem econômica sem riscos de possíveis sanções do Fair Play Financeiro.

O Newcastle, atual clube de Bruno, não manifestou interesse em vender o jogador, que possui uma multa avaliada em cerca de 116 milhões de euros (aproximadamente R$ 621 milhões na cotação atual). Para evitar possíveis punições pela compra, o PSG deve aguardar as condições da janela de transferências do verão europeu, que pode envolver a saída de Mbappé e uma liberação de massa salarial, resultando em uma melhoria nas perspectivas de negociação com os Magpies.

Desde sua chegada ao futebol inglês, Bruno Guimarães tem sido peça fundamental na equipe de Eddie Howe. Com quase 100 jogos, o meio-campista acumula 11 gols, nove assistências e destacadas atuações como ponto de equilíbrio no esquema tático do Newcastle.

Até o momento, o PSG realizou apenas uma contratação nesta janela, também de um brasileiro. Lucas Beraldo, zagueiro ex-São Paulo, foi adquirido pelos franceses por cerca de 20 milhões de euros e teve boas performances nos primeiros jogos de sua trajetória na Europa. Gabriel Moscardo, do Corinthians, estava prestes a concretizar sua mudança para o Velho Continente, mas uma lesão adiou o acerto entre as partes.